Técnico da Dinamarca questiona uso do VAR e reclama: “Tira o charme do futebol”

0
47

O empate por 1 a 1 contra a Austrália não foi considerado um resultado ruim pelo treinador da Dinamarca, Age Hareide. Sua maior insatisfação ao fim do jogo foi outra: a forma como o VAR vem sendo utilizado na Copa do Mundo.

A Dinamarca saiu na frente com um gol de Eriksen com seis minutos de jogo. Aos 35, o árbitro espanhol Antonio Mateu marcou um pênalti para a Austrália com o auxílio do árbitro de vídeo. Foi a segunda vez na Copa que o VAR foi usado para assinalar um pênalti contra os dinamarqueses.

– Eu acredito que houve o pênalti, mas não tenho certeza sobre o VAR. Há pessoas em algum lugar da Rússia decidindo olhar essa situação porque parece um pênalti. Mas existem outras situações durante o jogo que você pode parar para ver, e eles não estão olhando isso – disse Hareide.

– Quem está apitando o jogo, o juiz ou as pessoas sentadas vendo os lances? Foi contra a gente, provavelmente foi correto, mas, para mim, tira o charme do futebol ter um sistema tão preciso. Acho que temos que ter situações claras de como o juiz pode consultar o VAR. – completou após o jogo.

O treinador citou um exemplo em que o árbitro optou por não checar um lance que, para ele, foi duvidoso.

– Foi uma situação com o Cornelius, ele foi puxado em um chute, todo mundo viu. Ele foi puxado. Essa era uma situação que o juiz deveria ter lidado. Mas ele não quis, tudo bem, eu só perguntei isso para o árbitro.

O meia Eriksen, autor do gol dinamarquês, foi eleito o melhor em campo e também reclamou do uso do árbitro de vídeo após o empate.

– Eles usam para os pênaltis, mas não usam para outros lances. Acredito que houve uma falta antes de surgir o escanteio que saiu o gol. Se usam para pênaltis, deveriam usar para faltas também – disse Eriksen.

Decisões da arbitragem à parte, o treinador dinamarquês assumiu que está feliz com os 4 pontos somados até agora na Copa, com uma vitória sobre o Peru e o empate de hoje. Mas quer ver um futebol melhor na próxima partida, contra a França.

– As decisões que fizemos foram erradas. Vou falar com eles, porque temos que melhorar. Perdemos muitas bolas no meio. No geral, foi OK. Temos que melhorar nosso passe e ritmo nas jogadas ofensivas.

Com Informações: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here